GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

A Importância de um especialista em soldagem para a preservação da vida

Atualmente qualquer pessoa, seja ela profissional de diversas áreas do conhecimento, gestão, saúde, produção e manufatura ou estudantes em formação sabem ou já ouviram falar em palavras como “solda” e “soldagem”. Seja por um amigo, um parente próximo, na escola, na empresa que trabalha ou simplesmente quando se está passando na rua e um brilho repentino ofusca os olhos quando passamos perto de uma serralheria.
Chinese welder
As vezes a “soldagem” não é levada a sério.
 
A primeira impressão que temos é que se trata de um trabalho de “improviso”, sem necessidade de cuidados especiais, feito por “curiosos” e que não exista ciência para “grudar” uma peça na outra. A cultura negativa que se formou e que envolve a mística dessas palavras desvia a atenção para algo muito sério e que pode acarretar consequências graves, se uma engenharia de soldagem não for acionada.
Pode parecer exagero, mas as pessoas lembram-se da “soldagem” quando a “solda quebra”. Ou seja, quando algo soldado se rompe por diferentes motivos, a mesma é lembrada. E muitas vezes de formas bastante trágicas.
Fatos trágicos que envolvem “solda” acontecem todos os dias. Desde a quebra de cadeiras que custam alguns arranhões, construções de grande porte que vem abaixo acarretando prejuízos e fatalidades a veículos automotores que perdem a direção e ceifam vidas. São casos cotidianos, mas que poderiam ser evitados se fosse dadas à devida atenção àquelas palavras mencionadas no começo desse artigo.
Ayrton Senna
Ayrton Senna
 
Em 1994 Ayrton Senna, piloto profissional da Fórmula 1 veio a óbito após perder o controle da sua Willians FW16, em Ímola, na Itália. E um dos motivos aponta para uma “solda” mal planejada executada na barra de direção do carro.
Os especialistas que conduziram o caso foram tão catedráticos que, surpreendidos, não imaginavam que uma pequena “solda” poderia causar tamanho estrago.
Houve a necessidade de ajustar a altura da barra de direção para que o volante ficasse mais próximo do piloto e para isso poderiam realizar dois procedimentos: Um mais demorado que seria refazer o cockpit e outro de aumentar a barra de direção, soldando uma “luva” nas extremidades seccionadas da barra de direção, alongando a mesma. Os mecânicos optaram pelo mais “fácil” e mais “rápido”, sondando a “luva” em uma das extremidades da barra de direção, e na outra extremidade, de diâmetro inferior ao da haste de direção, foi encaixado por dentro da barra e mais uma vez soldado.
Ocorre que a maior incidência de forças sempre se concentra na parte interna de um ângulo. E foi ali que a peça do carro de Senna começou a quebrar. A barra rompeu-se exatamente onde, segundo os manuais, teria de romper: antes da “solda”, próxima ao ângulo reto da luva. A conclusão foi clara: Senna nunca teria terminado a prova. A “solda” foi bem feita, mas não foi levado em consideração os princípios básicos de metalurgia, onde a “solda” tem grande importância, pois as operações de “soldagem” interferem drasticamente em toda a estrutura metalúrgica dos materiais submetidos a esse processo.
Acidente Metro
Cratera formada após desabamento no Metrô em SP
 
Na tarde de janeiro de 2007 ocorreu um acidente nas obras do metrô da Linha Amarela, em São Paulo, que envolveu vítimas fatais. Devido a inúmeros problemas, sendo um deles a utilização de procedimentos inapropriados para execução das soldagens, a estrutura metálica da obra desabou, destruindo casas, carros e matando pessoas.
Na época, o Brasil inteiro descobriu o que era um “bacalhau” – artifício utilizado para encher mais rápido uma junta soldada, dando a impressão de uma soldagem executada, porém que não possui a mesma resistência de uma junta soldada. Essa prática normalmente trás consequências trágicas e é condenada pelos profissionais da soldagem em qualquer lugar do mundo. Porém se fosse dado à devida atenção para os processos de soldagem utilizados nas obras, certamente não estaríamos contabilizando vítimas.
Parâmetros inadequados, falta de profissionais qualificados ou empresas que não contratam profissionais especialistas em soldagem, equipamentos arcaicos e sem manutenção preventiva, má escolha dos procedimentos, aplicações executadas erroneamente, falta de procedimentos de inspeção para juntas soldadas entre outras causas promovem descontinuidades imperceptíveis aos leigos, mas que podem comprometer todo um projeto.
Existe uma ciência muito séria por trás das palavras “solda” e “soldagem”. E existem profissionais qualificados para atender toda e qualquer demanda. Consulte sempre um especialista em soldagem.

Fonte: http://blogdosoldador.com.br/



Conteúdos relacionados

Equipamentos p/ Locação
Loja Virtual Alusolda
Usados para Venda
Depto. De Assistência Técnica
Peças de Máquinas de Solda e Corte Plasma