GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

Compreenda a importancia da Sinalização de Segurança em uma empresa mediante a NR 26

Mesmo quando pequenos as primeiras coisas que conhecemos são as cores, seja através dos brinquedos que normalmente são coloridos, animais ou flores. O ser humano sempre se organizou e precisou de padrões para se situar.

Um técnico de Segurança do Trabalho usa as cores verde, vermelho, marrom, amarelo e azul para simbolizar e identificar os riscos ambientais existentes dentro do ambiente do trabalho. Tudo isso é necessário para a elaboração do mapa de risco da empresa e também complementar para o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais).

A NR determina que as cores utilizadas nos locais de trabalho para identificar os equipamentos de segurança, delimitar áreas, identificar tubulações e empregadas para a condução de líquido e gases e advertir contra riscos, devem atender ao disposto nas normas técnicas oficiais.

Quando utilizamos as cores, ainda se torna necessário outras formas de prevenção de acidentes, ou seja, uma não elimina a outra.

As cores de segurança determinada na NR 26 possuem as seguintes funções:

  • Prevenção de acidentes;
  • Identificar os equipamentos de segurança;
  • Delimitando áreas;
  • Identificação de Tubulações de líquidos e gases advertindo contra riscos;
  • Identificar e advertir acerca dos riscos existentes.

 

Esta norma vem tratar também sobre a rotulagem preventiva em caso de produtos químicos perigosos, e ainda afirma a necessidade principalmente quando forem casos de fracionamento de embalagem, que acontece muito em produtos de limpeza, onde a empresa adquire o produto em grande quantidade e quando se faz o fracionamento para o uso, desta forma, apenas é colocado em uma embalagem inadequada, e quando pior sem identificação, podendo assim ser manuseado de forma incorreta.

A rotulagem preventiva consiste em um conjunto de elementos com informações escritas, impressas ou gráficas, relativas a um produto químico, que deve ser afixada, impressa ou anexada à embalagem que contém o produto.

Toda rotulagem deve conter os seguintes elementos:

  • Identificação e composição do produto químico;
  • Pictogramas de perigo;
  • Palavra de advertência;
  • Frases de perigo;
  • Frases de precaução;
  • Informações suplementares.

Outro assunto importante que a norma traz é que para o fracionamento em casa, onde pode ter o contato de crianças e até se cofundir ao utilizar o produto e misturando com o outro, causar uma reação química que pode ter sérias consequências.

Falando dos trabalhadores, no caso de mistura, o ideal é ser explicitado na ficha com dados de segurança o nome e a concentração, ou faixa de concentração, das substâncias que:

  • Representam perigo para a saúde dos trabalhadores, se estiverem presentes em concentração igual ou superior aos valores de corte/limites de concentração estabelecidos pelo GHS para cada classe/categoria de perigo; e
  • Possuam limite de exposição ocupacional estabelecidos.

Para que aconteça a rotulagem preventiva a NR determina que é necessário possuir a ficha de identificação do produto que contém todas as informações relevantes e o devido treinamento.

Estes são os princípios básicos e fundamentais da NR 26 – Sinalização de Segurança. Com todas as precauções tomadas e a sinalização adequada, certamente manteremos um ambiente de trabalho mais seguro para todos.

O que achou da NR 26? Deixe sua opinião comentando no post!

 

Conheça a Alusolda

Fonte: Paulo César Bessa



Conteúdos relacionados

Deixe o seu comentário:

Comentários

0 Comentários Postados