GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

FIESP mede os impactos das importações fora de conformidade

O Departamento de Competitividade e Tecnologia (DECOMTEC) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) realizou um estudo com o objetivo de estimar os custos econômicos e sociais das importações de manufaturados que não atendem às especificações técnicas exigidas dos produtos nacionais. O documento foi divulgado no início de abril e traz dados sobre como esse tipo de entrada pode ser nociva ao crescimento industrial brasileiro.

De acordo com a Federação, estima-se que o País tenha importado, em 2012, R$ 4,4 bilhões em manufaturados não regularizados. Se este total de produtos fora de conformidade fosse produzido no mercado nacional de maneira conforme, o impacto sobre a produção nacional seria um incremento de R$ 15,3 bilhões. Ainda segundo a publicação, isso significaria um aumento de 180 mil postos de trabalho na economia brasileira e, com relação ao PIB haveria uma expansão de R$ 6,2 bilhões.


Fonte: ABIT



Conteúdos relacionados