Ainda segundo o instituto, no acumulado de 12 meses até fevereiro, a indústria expandiu-se 1,1%, ritmo maior do que o visto em janeiro (0,5%), mas menor do que o de dezembro (1" />
GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

Indústria avança 0,4% em fevereiro e acumula alta de 1,3% no bimestre

A produção industrial brasileira registrou, em fevereiro, alta de 0,4% em relação a janeiro, informa nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo período de 2013, o avanço é de 5%. Em janeiro, o indicador havia registrado alta de 2,9%, depois de cair 0,4% e 3,8% em novembro e dezembro, respectivamente. Assim, no primeiro bimestre, o setor avançou 1,3% frente ao mesmo intervalo de 2013.

"Com esses resultados, o total da indústria recuperou a perda de 4,2% acumulada no período novembro-dezembro de 2013, mas ainda encontra-se 2,7% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011", disse o IBGE em seu relatório.

Ainda segundo o instituto, no acumulado de 12 meses até fevereiro, a indústria expandiu-se 1,1%, ritmo maior do que o visto em janeiro (0,5%), mas menor do que o de dezembro (1,2%). Três das quatro categorias de uso e 19 das 27 atividades cresceram no mês em relação a janeiro. Dentro das categorias, bens de consumo duráveis avançou 3,3%, enquanto bens intermediários subiu 0,8% e bens de capital mostrou apenas uma pequena variação (0,1%). A produção de bens de consumo semi e não-duráveis foi a única com variação negativa, de 0,1%.

Entre as atividades, veículos automotores cresceu 7% no segundo mês do ano, acumulando expansão de 16,8% no primeiro bimestre. A indústria de equipamentos de instrumentação médico-hospitalar, ópticos e outros avançou ainda 17,6%), o segmento de bebidas expandiu 5,1% e o de alimentos cresceu 1,4%. Na outra ponta, destacam-se a produção a indústria farmacêutica, que perdeu 9,7% em fevereiro, e a de outros produtos químicos (queda de 3,1%).

Fonte: Veja.com



Conteúdos relacionados