A análise das 40 maiores mineradoras mostrou que 2011 foi um ano de polarização. Apesar de a indústria ter iniciado o ano fortemente, as ações das empresas apresentaram um desempenho inferior nos mercados de capitais mais amplos, perdendo valor ao final do ano como resultado do c" />
GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

Indústria global de mineração tem lucro recorde de US$ 133 bi em 2011

Apesar do lucro recorde das 40 maiores mineradoras mundiais em 2011 - devido ao alto preço das commodities -, a indústria global de mineração está enfrentando um cenário de falta de confiança dos investidores. Eles passaram a ter maior critério para a realização dos investimentos e a exigir mais retorno aos acionistas, o que fez o valor de mercado das empresas cair 25%, para cerca de US$ 1,2 trilhão. Nesse período, apenas seis das 40 maiores mineradoras mundiais viram seu valor de mercado aumentar. Os dados são da pesquisa "Mine: The gowing disconnect", divulgada hoje.

A análise das 40 maiores mineradoras mostrou que 2011 foi um ano de polarização. Apesar de a indústria ter iniciado o ano fortemente, as ações das empresas apresentaram um desempenho inferior nos mercados de capitais mais amplos, perdendo valor ao final do ano como resultado do constante medo econômico global decorrente, entre outros fatores, da atual crise européia e da projeção de desaceleração da economia chinesa.

De acordo com o líder global de mineração da PwC, Tim Goldsmith, "a demanda continua robusta e o crescimento de longo prazo em mercados emergentes é mais significativo para a indústria de mineração do que o nervosismo de curto prazo no mundo desenvolvido". Ele ressalta, no entanto, que "os investidores simplesmente não confiaram no histórico de crescimento da indústria e estão reagindo a outras preocupações econômicas globais de curto prazo; há uma crescente desconexão entre os dois". Das 40 maiores mineradoras atuantes em 2011, 19 são de mercados emergentes, o que representa 38% do valor de mercado.

O total de ativos das 40 maiores permanece acima de US$ 1 trilhão, com crescimento de 13% no ano passado. Essas companhias investiram US$ 98 bilhões em 2011, enquanto os aportes anunciados no ano anterior foram de US$ 120 bilhões.

De acordo com o relatório, a preocupação com o fornecimento de insumos é a tônica para o futuro. Para superar esse desafio, algumas empresas pretendem desenvolver um portfólio de projetos sob medida para garantir o abastecimento e cada vez mais buscar localizar novas minas em áreas remotas.

Fonte: Monitor Mercantil Digital



Conteúdos relacionados

Equipamentos p/ Locação
Loja Virtual Alusolda
Usados para Venda
Depto. De Assistência Técnica
Peças de Máquinas de Solda e Corte Plasma