GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

Movimento do Setor Sucroenergético

Aconteceu ontem, 27, pela manhã, em Sertãozinho, o Movimento pela Retomada do Setor Sucroenergético. Participaram trabalhadores, entidades sindicais, empresários, comerciantes e também representantes do poder público. O comércio não abriu as portas durante o movimento.

Entre os políticos presentes estavam os deputados federais Mendes Thame (PSDB) e Paulinho da Força (SD), os deputados estaduais Davi Zaia (PPS), Welson Gasparini (PSDB) e Léo Oliveira (PMDB), acompanhados pelo secretário de Agricultura e Abastecimento Arnaldo Jardim (PPS). O prefeito da cidade, José Alberto Gimenez (PSDB), esteve na linha de frente do movimento.

Em entrevista, o prefeito salientou os principais pontos do movimento. “O povo quer o emprego, não quer o Bolsa Família, não quer subsídio. Queremos alertar nossa presidente que não tem o direito de acabar com o setor que é 100% nacional e que custou anos de trabalho, desenvolvimento e investimento da região e principalmente de nossa cidade”, disse.

Com o dizer “Etanol é a força que move o país”, a passeata, que começou na Praça Rotatória “Thirso Pelá” e seguiu para a Rodovia Carlos Tonani (saídas para as cidades de Ribeirão Preto, Dumont, Barrinha e Jaboticabal), pediu atenção para o setor que nos últimos anos fechou 90 usinas e cerca de 50 mil postos de trabalho. No final, foi entregue uma carta com as principais reivindicações (volta da CIDE, aumento da porcentagem do etanol na gasolina, mais investimento na cogeração de energia a partir do bagaço da cana e diretrizes para o etanol como matriz energética brasileira) que serão levadas para Brasília, onde deve acontecer movimento semelhante em data ainda não definida (lembrando o movimento que antecedeu o Pró-álcool na década de 1970).

Fonte: Assessoria de Imprensa



Conteúdos relacionados