Com expectativa de movimentar R$ 2,8 bilhões e atrair 33 mil visitantes até sexta-feira (28), o evento chega à sua 23ª edição em meio à baixa de investimentos, fechamento de usinas e demissões, mas ao mesmo tempo com a expectativa de cres" />
GO: (62) 3250-0707 GO (62) 9 9644 0139 Horário Comercial

Podemos antever saída da crise, diz secretário de Agricultura na Fenasucro

O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, citou nesta terça-feira (25), na abertura da Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética (Fenasucro) em Sertãozinho (SP), fatores que sinalizam uma possível saída para a crise que o setor enfrenta há anos.

Segundo o representante do Estado, uma junção de políticas tributárias e de incentivos a produtores tende a favorecer o mercado brasileiro do etanol. "Avançamos muito em produtividade agrícola, o próprio setor tem se atualizado. Podemos antever uma situação de saída da crise", disse.

Com expectativa de movimentar R$ 2,8 bilhões e atrair 33 mil visitantes até sexta-feira (28), o evento chega à sua 23ª edição em meio à baixa de investimentos, fechamento de usinas e demissões, mas ao mesmo tempo com a expectativa de crescimento na cogeração de energia elétrica por meio da biomassa da cana-de-açúcar.

Diante do que chama de "crise profunda", Jardim acredita no incremento do etanol na gasolina de 25% para 27% e no retorno da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre a gasolina.

"Esse contexto do petróleo volta a fazer com que o governo finalmente possa ver o etanol de outra forma, deixando claro que o etanol deve ter uma participação crescente na matriz de combustíveis do Brasil", afirmou Jardim, que participou da abertura do evento ao lado de autoridades como o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo.

Também alega que a retomada do setor pode vir com pacotes de incentivo, como isenção de ICMS para a modernização dos equipamentos voltados à cogeração de eletricidade pela cana e simplificação para obtenção de linhas de crédito. "Além disso, o governo estuda de que forma pode haver leilões vocacionados, ou seja, direcionados para a compra de energia", completou.

Incentivo de R$ 3 milhões
Ainda durante a abertura do evento, o vice-governador do Estado, Márcio França, anunciou um pacote de R$ 3 milhões para incentivar inovações nas empresas metalúrgicas de Sertãozinho e região por meio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado, do Sebrae-Sp e da Fiesp.

 Fenasucro
A Fenasucro acontece de 25 a 28 de agosto no Centro de Exposições Zanini (Marginal João Olézio Marques, 3.563, Sertãozinho). A visitação aos expositores pode ser feita das 13h às 20h. Palestras, seminários e conferências acontecem diariamente, das 8h às 18h.

Até sexta, 33 mil compradores de diferentes estados e de outros países são esperados para conferir mil expositores, bem como uma grade de conferências e rodadas de negócios.

Além dos estandes espalhados por 70 mil metros quadrados e divididos em cinco setores - Agrocana, fornecedores industriais, processos industriais, transporte e logística e energia -, a Fenasucro oferece 90 horas de eventos de conteúdo voltados para diferentes setores da cadeia produtiva. Programação que inclui discussões sobre automação, inovação tecnológica, bioeletricidade e logística.

Fonte: G1



Conteúdos relacionados